segunda-feira, 13 de julho de 2009

Beleza? Ela é minha beleza.

Beleza: Perfeição agradável à vista, e que cativa o espírito.

Tantas coisas são belas. A beleza é algo único, provém de vários sentimentos reunidos, sendo assim a beleza não tem e jamais terá padrão, apenas é flexível aos olhos de quem a vê.

Nada mais agradável do que admirar algo belo, seja aquilo que for. Como expressar então o quão bom é ter algo belo? Difícil. A beleza “não-superficial” ultrapassa o tempo, ultrapassa os defeitos que outros enxergam, a beleza é magnífica, é surpreendente, é incompreensível para uns, mas indescritível para quem a vê.

A exuberância não compõe a beleza, muitas vezes a destrói. Hora temos uma busca incansável pela magreza, hora pela abundância, tudo isso para alcançar um padrão que simplesmente não existe.

Eu encontrei a beleza da vida, encontrei algo único e magnífico, algo tão lindo a ponto de muitas vezes não ter certeza se é real, algo especial de todos os modos, uma beleza fundamentada que nunca vira antes.

Não utilizo tantas vezes a palavra “beleza” no texto por falta de prática na redação, talvez não tenha muita habilidade com as palavras, mas este erro foi proposital, apenas para destacar a beleza que tenho em minhas mãos, a beleza que encontrei na minha vida, que conheci em outros carnavais (literalmente). Alguém linda quando toda arrumada, mas linda também quando apenas o abrigo de ficar em casa sobrepõe seu corpo, um corpo escultural pra mim, a minha “beleza padrão”, o que mais agrada minha vista, o que mais atordoa meus pensamentos, a beleza incontestável da minha vida, qual me proponho a admirar todo o dia e o dia inteiro.

Com esta beleza única me vanglorio. Invejosos invejem, pois eu tenho algo único e imensuravelmente belo com qual sonho todos os dias e por muitas vezes não acredito, mas é verdade, eu tenho algo simplesmente perfeito, belo e fenomenal em meus braços.

“Tu é única, linda, formosa, elegante, agradável. Uso apenas essas palavras pra não vulgarizar nada, mas apenas entenda a perfeição que tu é para os meus olhos.”

4 comentários:

  1. Gostei do seu estilo de escrita.

    Seguindo! :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por seguir e por comentar! x)

    ResponderExcluir
  3. Q belo!!!

    Beleza não é só a estética (o que é visível), mas também a poética, ou seja, o significado, o que algo,ou alguém, representa para nós!!!

    ResponderExcluir
  4. Pois é. É bem o que eu penso. Beleza estética é importante, mas não é nada sem o significado das pessoas. E como algumas pessoas representam MUITO pra nós!

    Obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir